Blog

Com o constante avanço digital e a correria do cotidiano, a Educação a Distância (EaD) se popularizou e vem alcançando cada vez mais pessoas no Brasil e no mundo. Esse modelo é de fácil acesso, mais barato e garante um controle maior na distribuição de tempo, já que o próprio aluno define seus horários. Porém, grande parte das pessoas tem dificuldades com a administração do tempo. Sendo assim, os estudos acabam sendo afetados e os resultados do aprendizado não são animadores. Algumas pessoas até mesmo desistem da EaD devido a isso. Quer entender como resolver esse problema? Continue lendo e descubra quantas horas são necessárias para conseguir bons resultados na Educação a Distância.

EaD proporciona um grande desafio

Apesar de oferecer o enorme benefício de estudar no seu próprio quarto, essa metodologia também possui alguns problemas que podem afetar todo o desempenho do aluno. Ao estudar a distância, uma pessoa deve estar comprometida com todo o processo. Por envolver muito o uso do computador e da internet, se manter concentrado enquanto estuda em casa é um dos maiores problemas enfreados pelos alunos. Ficar longe das redes sociais, dos vídeos do YouTube e das notícias em primeira mão da era digital é muito complicado, principalmente devido à facilidade e velocidade por meio das quais a web funciona. Mesmo com a possibilidade de aprender em qualquer lugar, é essencial fugir de locais com muito movimento e barulho, pois essas características só atrapalham a aprendizagem do aluno em diversos aspectos. Mesmo diante de tantos dilemas, há vantagens: o curso EaD é mais barato, permite uma flexibilidade de horários e é acessível 24 horas por dia. Tudo o que o aluno precisa é de uma conexão com a internet. Além disso, qualquer dúvida pode ser solucionada pelo professor por e-mail ou chat. Então, sabendo de tudo isso você realmente está pronto para um curso EaD? Logo abaixo explicamos melhor quantas horas são necessárias para conseguir êxito neste processo.

Quanto tempo estudar por semana na EaD?

Muitas pessoas acabam desistindo desse tipo de curso por falta de disciplina. Sendo assim, um aluno comprometido deve certificar-se de reservar, no mínimo, cerca de 4 ou 5 horas de estudo por semana. Essa é a carga mínima para conseguir bons resultados estudando, fazendo os exercícios e tirando dúvidas. Diante do cotidiano corrido, o estudante pode acabar ficando um tempo sem estudar. Sendo assim, é muito importante manter cerca de duas horas por dia que devem ser dedicas aos estudos. Dessa maneira, o aluno pode se acostumar com a carga horária, já que é como se estivesse reservando um tempo para ir a uma escola. Claro, muitas vezes não será possível cumprir tal meta, então é dever do aluno repor essas horas perdidas em outros dias.

Faculdades EaD reconhecidas pelo MEC

Ninguém deseja passar anos estudando e descobrir no final que seu diploma não é válido pelo Ministério da Educação. Então, não corra o risco de jogar tanto tempo fora. Para ter um diploma válido e exercer uma profissão regulamentada, seu curso de graduação deve ser credenciado pelo MEC.Pensando nisso, listamos abaixo algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer EaD. Universidades Privadas:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Centro Universitário Distrito Federal (UDF)
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Universidades Públicas:

  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
  • Universidade de Brasília (UNB)
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Deixe um Comentário

Seu email não será divulgado.